Os Olhos de Tirésias

Os Olhos de Tirésias

A vida extraordinária de um soldado português na Primeira Guerra Mundial.

A descoberta de um retrato daquele avô cuja história a família sempre encobriu - Mateus Mateus, o gigante de olhar estranho que partiu, no contingente português, para a Flandres durante a Primeira Guerra Mundial - é o pretexto que a narradora encontra para, simultaneamente, escrever um romance e se afastar de um casamento que parece condenado ao fracasso.
Para saber mais sobre o passado desse desconhecido, parte, também ela, para a propriedade de La Peylouse, em Saint-Venant, que alojou o Estado-Maior português nos anos 1917-1918 e da qual o avô, depois de ter servido na frente como maqueiro e coveiro, foi enviado numa missão de espionagem, acabando prisioneiro dos alemães. No bizarro hospital onde passa os meses que antecedem a batalha de La Lys (o mesmo onde virá a ser internado um cabo alemão chamado Adolf, atacado de cegueira histérica), Mateus Mateus cruza-se com figuras inesquecíveis: Alvin Martin, um inglês albino dado às premonições; Hugo Metz, o médico que usa métodos de inspiração freudiana para interrogar os pacientes; o órfão Émile Lebecq, pequeno ladrão e ilusionista amador; e, sobretudo, Georgette Six, a bela enfermeira francesa que perdeu o noivo na guerra e pela qual o português se tornará um homem diferente. E, porém, à medida que a neta de Mateus Mateus vai desfiando essa história - num jogo em que a realidade se torna indestrinçável da ficção -, também a sua vida é sacudida por uma paixão - e só o encontro com Cyril Eyck e o seu bisavô centenário trará a chave para os enigmas do próprio romance.

Os Olhos de Tirésias foi finalista do Prémio LeYa 2012.

Ler mais
€ 15,90
Na compra do livro leve também o eBook por apenas € 2,49
Comprar

eBook
€ 11,99
Comprar
Ano de Edição / Impressão / 2013
Número Páginas / 224

Dimensões / 236 x 15 x 155 mm
ISBN / 9789724746289
Editora / TEOREMA
Autor
Cristina Drios nasceu em Lisboa, em 1969. De 1973 a 1987, frequentou o Liceu Francês Charles Lepierre de Lisboa. Licenciada em Direito, exerce desde 1992 a advocacia na área da Propriedade Intelectual.
Jamais vai a lado algum sem um livro; além de literatura, interessa-se por história e filosofia. É fotógrafa amadora e viajou por cerca de quarenta países, tão diversos como a Índia, a Birmânia, o Japão, o Camboja, o Senegal, Marrocos, o Chile, a Guatemala, El Salvador e a Nicarágua.
O seu livro de contos Histórias Indianas venceu, em 2012, o Prémio Literário Cadernos do Campo Alegre «Novo Autor, Primeiro Livro» da Fundação Ciência e Desenvolvimento/Câmara Municipal do Porto. No mesmo ano, Os Olhos de Tirésias, a sua estreia no romance, foi finalista do Prémio Leya. Adoração é o seu segundo romance.
Ofereça livros perfeitos
Ofereça livros perfeitos Fale-nos sobre a pessoa a quem quer oferecer livros.
O resto é por nossa conta.
Ofereça livros perfeitos