Sinopse
O Dicionário da Língua Portuguesa Medieval é dirigido- pelos Professores João Malaca Casteleiro, Maria Francisca Xavier e Maria de Lourdes Crispim e conta com a colaboração de professores de diversas universidades portuguesas. As fontes do Dicionários são textos produzidos em Portugal e na Galiza durante os séculos 12-16: documentos notariais, chancelarias, cantigas, foros, crónicas e textos didáticos e religiosos.
Daqui foram extraídas 612 613 palavras dos textos dos séculos 12, 13 e 13/14, e 2 735 303 palavras dos textos dos séculos 14 e 15. Todas estas palavras e respetivas variantes gráficas e morfológicas são tratadas nas 17 111 entradas do Dicionário.
Esta obra, cuja existência era há muito esperada por todos os especialistas e estudiosos da história da formação da língua portuguesa, e cuja inexistência era incompatível com a importância do português como sexta língua atualmente mais falada no mundo, destina-se a um público relativamente vasto e espalhado pelos quatro cantos do mundo.
Em muitas universidades de todos os continentes há instituições científicas que se dedicam ao estudo da nossa língua. Mas é em Portugal e sobretudo no Brasil que a obra deve ser procurada, em especial por linguistas, dicionaristas, filólogos, lexicógrafos, especialistas e estudantes de história medieval portuguesa.
A edição em papel chegou a ser considerada. Mas as duas mil páginas de grande formato que seriam necessárias e o correspondente PVP aconselharam a que ficássemos pela edição online. O objetivo científico que os autores e a editora procuram fica satisfeito. E os eventuais compradores em qualquer parte do mundo podem obter este Dicionário, que não tem equivalente nem rival no mercado, por um preço bastante baixo e um formato que simplifica o seu uso.
Ler mais Ler menos

Detalhes

  • ISBN: 9789722131667
  • Editora: CAMINHO
  • Ano de Edição / Impressão: 2022

PROMOÇÕES ATIVAS

Novidades