FERNANDO ARAMBURU
Fernando Aramburu nasceu em San Sebastián, em 1959. É licenciado em Filologia Hispânica pela Universidade de Saragoça, foi membro do Grupo CLOC de Arte y Desarte e reside na Alemanha desde 1985.
Considerado um dos narradores mais destacados em língua espanhola, é autor dos romances Fuegos con limón (1996), Los ojos vacíos (2000, Prémio Euskadi), que juntamente com Bami sin sombra (2005) e La gran Marivián (2013) formam a «Trilogía de Antíbula», El trompetista del Utopía (2003), Viaje con Clara por Alemania (2010), Años lentos (2012, VII Prémio Tusquets Editores de Romance e Prémio dos Livreiros de Madrid) e Ávidas pretensiones (Prémio Biblioteca Breve 2014). Publicou também os livros de contos Los peces de la amargura (2006, XI Prémio Mario Vargas Llosa NH, IV Prémio Dulce Chacón e Prémio Real Academia Espanhola 2008) e El vigilante del fiordo (2011). Pátria (2016) foi considerado um dos livros mais impressionantes da literatura espanhola contemporânea, tendo-lhe sido atribuídos o Prémio Nacional de Narrativa, o Prémio Nacional da Crítica, o Prémio Euskadi de Literatura, o Prémio Strega Europeu e o Prémio Lampedusa, entre outros. Foi traduzido para mais de 30 línguas e adaptado para televisão numa série da HBO.
O Regresso dos Andorinhões é o seu mais recente romance.

Livros do Autor

Visualizar: Lista Capas