VICENTE ALVES DO Ó

VICENTE ALVES DO Ó nasceu em 1972 na cidade de Setúbal e é cineasta e escritor. Descobriu a literatura em casa dos avós, no Alentejo, e o cinema nos clássicos a preto e branco da RTP2. Na adolescência, dedicou-se ao teatro, à poesia e às curtas-metragens, até que, em 2000, assinou o primeiro argumento para cinema. Mudou-se para Lisboa e, desde então, tem dividido a sua atividade entre a escrita e realização de filmes, como Florbela, Al Berto, Golpe de Sol e Amadeo, o teatro, com António, e os romances – depois de Marilyn à Beira-Mar e Florbela, Apeles e Eu, este é o seu terceiro livro.
Ler mais Ler menos

VICENTE ALVES DO Ó

Biografia

VICENTE ALVES DO Ó nasceu em 1972 na cidade de Setúbal e é cineasta e escritor. Descobriu a literatura em casa dos avós, no Alentejo, e o cinema nos clássicos a preto e branco da RTP2. Na adolescência, dedicou-se ao teatro, à poesia e às curtas-metragens, até que, em 2000, assinou o primeiro argumento para cinema. Mudou-se para Lisboa e, desde então, tem dividido a sua atividade entre a escrita e realização de filmes, como Florbela, Al Berto, Golpe de Sol e Amadeo, o teatro, com António, e os romances – depois de Marilyn à Beira-Mar e Florbela, Apeles e Eu, este é o seu terceiro livro.
Ler mais Ler menos