Minha Senhora de Mim - eBook

letras_leya
9
Letras

Minha Senhora de Mim - eBook

Livro recomendado PNL2027 dos 15-18 anos - leitura fluente

Minha Senhora de Mim, o nono livro de poesia de Maria Teresa Horta, foi editado em Abril de 1971 pela Dom Quixote, na coleção «Cadernos de Poesia».
Em 3 de Junho seguinte, a editora foi objecto de um auto de busca e apreensão da obra por parte da PIDE/DGS, operação que foi extensiva a todas as livrarias do país.
A proprietária da editora, Snu Abecassis, foi advertida por César Moreira Baptista, subsecretário de Estado da Presidência do Conselho, então ocupada por Marcello Caetano, de que a Dom Quixote seria encerrada caso voltasse a publicar qualquer obra de Maria Teresa Horta.


Maria Teresa Horta nasceu em Lisboa. Escritora e jornalista, é conhecida como uma das mais destacadas feministas portuguesas.
Estreou-se na poesia em 1960 e tem a sua obra poética editada em Portugal coligida em Poesia Reunida (2009), obra que lhe valeu o Prémio Máxima Vida Literária. Já posteriormente publicou Poemas para Leonor (2012) e A Dama e o Unicórnio (2013). É autora, entre outros,  dos romances Ambas as Mãos sobre o Corpo e A Paixão segundo Constança H., e co-autora, com Maria Isabel Barreno e Maria Velho da Costa, de Novas Cartas Portuguesas. Em 2011 publicou As Luzes de Leonor, romance sobre a Marquesa de Alorna distinguido com o Prémio D. Dinis, da Fundação da Casa de Mateus, e em 2014 o livro de contos Meninas. Neste mesmo ano foi-lhe atribuído o Prémio Consagração de Carreira pela Sociedade Portuguesa de Autores.
Ler mais
eBook
€ 8,99
Comprar

Ano de Edição / Impressão / 2015
Formato / EPUB
ISBN / 9789722057486
Editora / DOM QUIXOTE
Autor
HORTA, MARIA TERESA
Maria Teresa Horta nasceu em Lisboa, onde frequentou a Faculdade de Letras. Escritora e jornalista, foi a primeira mulher a exercer funções dirigentes no cineclubismo em Portugal. É conhecida como uma das mais destacadas feministas portuguesas.
Estreou-se na poesia em 1960 a sua obra poética foi coligida em Poesia Reunida (Dom Quixote, 2009), obra que lhe valeu o Prémio Máxima Vida Literária. Em 2012 publicou As Palavras do Corpo – Antologia de Poesia Erótica no ano seguinte, A Dama e o Unicórnio e, em 2016, Anunciações – Prémio Autores SPA / Melhor Livro de Poesia 2017.
É ainda autora dos romances Ambas as Mãos Sobre o Corpo, Ema (Prémio Ficção Revista Mulheres) e Paixão Segundo Constança H., e co-autora com Maria Isabel Barreno e Maria Velho da Costa, de Novas Cartas Portuguesas. Ao seu romance As Luzes de Leonor, a Marquesa de Alorna, uma sedutora de anjos, poetas e heróis (2011), foram atribuídos os prémios D. Dinis e Máxima de Literatura. 
Poesis é a sua obra mais recente.