O Canto e as Armas - eBook

O Canto e as Armas - eBook

Os 50 anos de um livro que, com Praça da Canção, é um símbolo da luta pela liberdade.
Prefaciado pelo escritor Mário Cláudio.

«Breviário de uma geração, O Canto e as Armas articula paciente, mas indesistivelmente, aquilo que o autor segreda ao ouvido de uma mítica destinatária, a quem interpela como “Penélope que bordas de saudade”, e no “amor em que me prendes”, e que “é Liberdade”, “palavra clandestina em Portugal / que se escreve em todas as harpas do vento.” Contrapondo a incandescência das “armas” a uma outra, e porventura utópica, a do “canto”, esta voz remete-nos a um destino hegemónico que consagra os artefactos da alta poesia, os quais, publicados e apreendidos pela censura, mas circulando em cópias manuscritas e dactilografadas, e novamente apreendidas, e novamente publicadas, duram como se verifica quatro décadas mais tarde. Eis pois o que erige um poeta, e o que o assinala, para além de quanto ele for, e de quanto quiser assinalar. Calem-se definitivamente, ou quase, as armas multímodas, e até as que se guardarem no avesso do gabão para surgirem em solertes assaltos. Só nesse instante o canto, o de Manuel Alegre, e o nosso através dele, poderá escutar-se em perfeita serenidade.»
(do Prefácio de Mário Cláudio)
Ler mais
eBook
€ 9,99
Comprar

Ano de Edição / Impressão / 2017
Formato / EPUB
ISBN / 9789722061827
Editora / DOM QUIXOTE
Autor
ALEGRE, MANUEL
Manuel Alegre de Melo Duarte nasceu a 12 de Maio de 1936, em Águeda. Estudou em Lisboa, no Porto e na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.
Em 1961 é mobilizado para Angola. Preso pela PIDE, passa seis meses na Fortaleza de S. Paulo, em Luanda, onde escreve grande parte dos poemas do seu primeiro livro, Praça da Canção. Dirigente histórico do Partido Socialista desde 1974, foi vicepresidente da Assembleia da República de 1995 a 2009 e membro do Conselho de Estado.
Foram-lhe atribuídos os mais distintos prémios literários: Grande Prémio de Poesia da APE-CTT, Prémio da Crítica Literária da AICL, Prémio Fernando Namora, Prémio Pessoa, em 1999. O seu livro de poemas Doze Naus foi distinguido com o Prémio Dom Dinis.
Em 2016 recebeu o Prémio de Consagração de Carreira da Sociedade Portuguesa de Autores e o Prémio Vida Literária da Associação Portuguesa de Escritores.