Os Pássaros Cantam em Grego - eBook

Diário 3
Promo
10%

Os Pássaros Cantam em Grego - eBook

Diário 3
Não é só a escrita de Rita Ferro que é imprevisível, a sua vida é um constante renovar de cenários e de forças.
Quando a imaginávamos a viver serenamente na casa onde escreveu os diários anteriores, Veneza Pode Esperar e Só Se Morre Uma Vez, troca as voltas ao destino e desafia-se de novo: vende o apartamento, faz as malas e regressa ao campo, desta vez ao berço dos seus bisavós maternos.
Aparentemente, perde tudo o que tinha conseguido: a proximidade da família, dos amigos, dos programas culturais, dos desafios profissionais e dos apoios urbanos. O que perde e ganha? Quanto vale agora, sem os expedientes e as distracções da cidade? Tem 65 anos e vive sozinha – conseguirá manter a chama, a alegria, o arroubo criador? E como ficou a sua relação com o amor?

A par dos romances que tem publicado, a escritora mantém a tradição de partilhar com os leitores a sua cronologia pessoal, através de diários que são também a sua forma de analisar os avanços e retrocessos do seu trajecto, as pulsões e contradições da sua alma.
Os Pássaros Cantam em Grego é o terceiro volume do seu diário.
Ler mais
eBook
€ 10,79
PVP   € 11,99
Poupe € 1,20 (10%) Comprar

Novidade / -10% Promoção válida de 2020-07-09 a 2020-10-07
Ano de Edição / Impressão / 2020
Formato / EPUB
ISBN / 9789722070287
Editora / DOM QUIXOTE
Promoções Ativas: Novidades
Autor
FERRO, RITA
Rita Ferro nasceu em Lisboa, em 1955. Estudou Design, especializou-se em Marketing, foi professora de Publicidade e exerceu funções de direcção e consultoria em diversas empresas. Iniciou a sua carreira literária em 1990, arriscando um novo tipo de escrita feminina que, tendo obtido um enorme êxito e revolucionado o mercado literário português, conheceu inúmeros seguidores. Criou um estilo e, com ele, um novo género. Distingue-se por uma técnica de narração mordaz e cativante, de grande versatilidade. Ao longo de trinta anos, escreveu romances, cartas, biografias, livros de crónicas, literatura juvenil e peças de teatro. Além de jurada literária e de festivais de cinema, é presença regular na imprensa, na rádio e na televisão. Em 2009, integrou o conselho consultivo da recém-criada Fundação António Quadros, Cultura e Pensamento, dedicada à memória de seu pai e de seus avós. Ao seu romance biográfico A menina é filha de quem? (2011) foi atribuído o prémio PEN Clube Português de Narrativa. Um Amante no Porto (2018) é o seu mais recente romance.