Diário da Abuxarda

2007-2014

Diário da Abuxarda

2007-2014
«Tudo visto e somado, talvez estes diários me tenham ajudado a melhor encontrar “a minha voz escrita”, na expressão feliz de Jorge Luis Borges, aquela que nos distingue dos demais e nos torna facilmente reconhecíveis. Porque escrever é também saber transmitir a nossa diferença e afirmar a nossa singularidade, por mais anódinas que sejam, e cultivá-las sem pressa de chegar ao fim, como quem apenas cuida do que é seu. E assim, aos poucos, aclarando sombras, se vai compondo o desenho e retocando o perfil. Se calhar tudo isto é parco e deixa a desejar, não me admiraria, mas é o meu mundo, são as minhas referências, outras não conheço nem invento.
Último diário que é também privilégio dos anos que se acumulam: sim, a partir de certa altura, um viver alheio à urgência de viver, um saborear o tempo, ignorando-o. Aliás, devo confessá-lo, nada disto me surpreende por aí além, sou de há muito familiar destas coisas, e sempre assim vivi, por intervalos, entusiasmos e intermitências.
No fundo, fui toda a vida um flâneur – sorte, a minha! – e se estas páginas algum mérito têm é essa atenção simultaneamente empenhada e distraída com que olho o tempo e o mundo à minha volta. E cá vou ficando à espera do que tarda em chegar: uma verdade em forma de conclusão.»


Marcello Duarte Mathias foi diplomata de carreira de 1970 a 2003. Nessa qualidade, esteve colocado em Brasília, Bruxelas e Nova Iorque, tendo sido embaixador na Índia, na Argentina, e na UNESCO em Paris. É autor de obras de índole diversa entre a ficção, o ensaio e a diarística, esta sob a designação genérica de No Devagar Depressa dos Tempos.
Casado, com dois filhos, vive na Abuxarda, concelho de Cascais.
Ler mais
€ 15,92
PVP   € 19,90
Poupe € 3,98 (20%)
Na compra do livro leve também o eBook por apenas € 2,49
Comprar

eBook
€ 11,19
PVP   € 13,99
Poupe € 2,80 (20%) Comprar
Ano de Edição / Impressão / 2015
Número Páginas / 432

Dimensões / 236 x 29 x 157 mm
ISBN / 9789722057127
Editora / DOM QUIXOTE
Autor
Nascido em Lisboa, em 1938, Marcello Duarte Mathias, diplomata e escritor, é autor de ficções, ensaios e diários. 
Em 2001, publicou um conjunto de crónicas com o título A Memória dos Outros, que mereceu o Prémio de Ensaio Jacinto do Prado Coelho e (ex-aequo) o prémio D. Dinis da Fundação Casa de Mateus. Nessa ocasião, Vasco Graça Moura escreveu: «Há qualquer coisa da lição de Montaigne nessa ironia afável de lidar com o lido, com o visto e com o vivido, tão própria de quem se procura naquilo que procura.» O mesmo se poderá dizer da selecção de textos que compõem o presente volume.
Diário da Abuxarda, 2007-2014, editado em 2015, foi distinguido com o Grande Prémio de Literatura Biográfica pela Associação Portuguesa de Escritores (APE) e a Câmara Municipal de Castelo Branco.