O Plano Nacional de Leitura

Fundamentos e resultados

O Plano Nacional de Leitura

Fundamentos e resultados
O Plano Nacional de Leitura (PNL), iniciativa de política pública lançada em 2006 com o objetivo de aprofundar a literacia e alargar as práticas de leitura, logrou um consenso alargado e, segundo os resultados da avaliação externa realizada pelo CIES-IUL, obteve impactos muito positivos na sociedade portuguesa – muito em especial nas escolas, mas também nas famílias, nas comunidades locais e na população em geral, que se traduziram em expressiva melhoria dos níveis de literacia dos estudantes portugueses nos estudos PISA da OCDE. Neste estudo, Isabel Alçada, responsável pelas equipas que conceberam e executaram o PNL, descreve com detalhe a intervenção desenvolvida, apresentando o programa nuclear de continuidade – a leitura orientada na sala de aula – e a multiplicidade de projetos que foram dirigidos aos contextos da escola e da família, às comunidades locais e à população em geral. Apresenta também a fundamentação científica do PNL, nomeadamente os resultados da investigação em que a sua conceção assentou, nas áreas da leitura e da sua aprendizagem, das práticas sociais de leitura e da leitura em suporte digital e os resultados de estudos de avaliação de políticas de leitura que foram tomadas como referência para as diferentes iniciativas. Aponta ainda novas áreas de intervenção que, no futuro, o PNL deverá vir a contemplar.
Ler mais
eBook
€ 10,99
Comprar
Ano de Edição / Impressão / 2016
Número Páginas / 360

Dimensões / 235 x 21 x 157 mm
ISBN / 9789722128254
Editora / CAMINHO
Promoções Ativas: Oferta de portes CTT48
Autor
ALÇADA, ISABEL
Isabel Alçada foi coordenadora da equipa que concebeu o Plano Nacional de Leitura (PNL) e Comissária Nacional, responsável pela sua execução no período entre 2006 e 2010.

Tem desenvolvido a sua atividade profissional nas áreas da docência, da formação de professores e na investigação. Foi Professora de Sociologia da Educação na Escola Superior de Educação de Lisboa, Ministra da Educação do XVIII Governo Constitucional e é investigadora no Centro de Investigação para as Tecnologias Interativas (CITI) da Universidade Nova de Lisboa. Em 2016 assumiu funções de Conselheira para a Educação do Presidente da República. 

É coautora, com Ana Maria Magalhães, de uma vasta obra de literatura infantojuvenil. Como investigadora, tem participado em estudos e projetos nacionais e internacionais na área da educação.