Sinopse
Desde 2011, a Organização Mundial de Saúde acompanhou 1.483 eventos epidémicos em 172 países. Doenças com tendência a epidemias , como gripe, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), Ebola, Zika, peste, Febre Amarela e outras, fazem parte de uma nova era de surtos de elevado impacto. Este livro centra-se no impacto da covid-19 no sistema de saúde e no desenvolvimento de mecanismos de resiliência para fazer face a novas crises e surtos epidemiológicos, temas particularmente relevantes no atual contexto de pandemia e na recuperação económica que se seguirá nos próximos anos em Portugal e no mundo. A pandemia da covid-19 expôs deficiências estruturais nas políticas e setores de saúde, sociais e económicos, que afetam a resiliência dos sistemas de saúde e das sociedades. Assistimos hoje a uma mudança da segurança da saúde global para o risco à saúde global. Tal mudança permite mobilizar a ação política e a atenção pública, pois situa a saúde global no sentido contemporâneo mais amplo de sociedade de risco. A vulnerabilidade reflete um aumento de surtos que ocorrem em emergências, bem como uma nova convergência de tendências políticas, económicas e sociais, incluindo crescimento populacional, urbanização, viagens mais rápidas, migração e mudanças climáticas. Enquanto enfrentamos esta Pandemia, torna-se urgente investigar e aprender novas respostas mais efetivas. Este livro reflete esse esforço com base na experiência de reforço e adaptação de sistemas de saúde ao nível global.
Ler mais Ler menos

Detalhes

  • ISBN: 9789724096711
  • Editora: LIVRARIA ALMEDINA