Quanto é Suficiente?

O amor pelo dinheiro e a economia da vida boa
Brinde
letras_leya
18
Letras

Quanto é Suficiente?

O amor pelo dinheiro e a economia da vida boa

«Um livro muito bem escrito e argumentado.» João César das Neves Em 1930, John Maynard Keynes previu que, no espaço de um século, o rendimento per capita aumentaria de forma constante, as necessidades básicas das pessoas seriam satisfeitas e ninguém teria de trabalhar mais de 15 horas por semana ¿ claramente estava errado. Robert Skidelsky e Edward Skidelsky explicam porque Keynes se enganou. Depois, partindo da premissa de que a economia é uma ciência moral, analisam o conceito de vida boa desde Aristóteles à atualidade e mostram como as nossas vidas se afastaram desse ideal. Por fim, fazem um alerta para que repensemos sobre o que realmente importa nas nossas vidas e como o alcançar.


Robert Skidelsky é professor emérito de Economia Política na Universidade de Warwick. Desde 1991, membro vitalício da Câmara dos Lordes. Foi eleito membro da Academia Britânica em 1994. É autor de uma biografia de John Maynard Keynes(três volumes: 1983, 1992, 2000), pela qual recebeu inúmeras distinções, incluindo os prémios Lionel Gelber e Council on Foreign Relations para as Relações Internacionais.

Ler mais
€ 17,90
Na compra do livro leve também o eBook por apenas € 2,49
Comprar

eBook
€ 12,99
Comprar
Ano de Edição / Impressão / 2012
Número Páginas / 320

Dimensões / 235 x 20 x 155 mm
ISBN / 9789724743387
Editora / TEXTO
Promoções Ativas: Oferta de portes CTT48
Autor
Robert Skidelsky é professor emérito de Economia Política na Universidade de Warwick. Desde 1991, membro vitalício da Câmara dos Lordes. Foi eleito membro da Academia Britânica em 1994. É autor de uma biografia de John Maynard Keynes(três volumes: 1983, 1992, 2000), pela qual recebeu inúmeras distinções, incluindo os prémios Lionel Gelber e Council on Foreign Relations para as Relações Internacionais.