O Lobo Prateado

Coleção: Histórias tradicionais
letras_leya
12
Letras

O Lobo Prateado

Coleção: Histórias tradicionais
Livro recomendado PNL2027 dos 6-8 anos - leitura inicial

As lendas e histórias tradicionais apresentam personagens e ambientes próprios da zona do mundo onde surgiram. Nas histórias europeias não há zebras, pelo mesmo motivo que o lobo não tem lugar nas histórias africanas. Se uma lenda pertence aos povos do deserto, não inclui paisagens geladas. Quem ler histórias inventadas há séculos, e que foram passando de boca em boca, de pais para filhos, de avós para netos, descobre rapidamente que, por trás de personagens e lugares diferentes, se encontram mensagens comuns. A razão é simples. A humanidade é só uma e os seres humanos, quer vivam no campo ou na cidade, na montanha ou na planície, numa região desértica ou na selva, têm preocupações, sonhos, desejos e alegrias muito semelhantes. Neste livro há várias histórias que formam pares. [ - ] Descobrir estas e outras semelhanças ajuda a compreender que as histórias tradicionais envolvem mensagens universais. E a leitura pode servir de inspiração, despertar o desejo de escrever.
Ler mais
Metas Curriculares
Metas Curriculares
Ano de Edição / Impressão / 2007

Dimensões / 247 x 09 x 171 mm
ISBN / 9789722121453
Editora / CAMINHO
Autor
Diversos
Isabel Alçada foi coordenadora da equipa que concebeu o Plano Nacional de Leitura (PNL) e Comissária Nacional, responsável pela sua execução no período entre 2006 e 2010.

Tem desenvolvido a sua atividade profissional nas áreas da docência, da formação de professores e na investigação. Foi Professora de Sociologia da Educação na Escola Superior de Educação de Lisboa, Ministra da Educação do XVIII Governo Constitucional e é investigadora no Centro de Investigação para as Tecnologias Interativas (CITI) da Universidade Nova de Lisboa. Em 2016 assumiu funções de Conselheira para a Educação do Presidente da República. 

É coautora, com Ana Maria Magalhães, de uma vasta obra de literatura infantojuvenil. Como investigadora, tem participado em estudos e projetos nacionais e internacionais na área da educação.

Ana Maria Magalhães nasceu em Lisboa a 14 de abril de 1946, no seio de uma enorme família onde as crianças ocupavam o primeiro lugar. Iniciou a atividade docente como professora de História de Portugal em 1969, em Moçambique. A par de uma intensa atividade no domínio da educação, estreou-se como escritora de livros infanto-juvenis em 1982.