Sinopse

Nate Nash acaba de ser descoberto. O jovem agente está em Moscovo, onde trafica informações com o mais valioso espião da CIA no Kremlin. Os russos não sabem quem os anda a trair. Mas perceberam que Nate é a peça- chave para desmascarar o agente duplo. Os russos jogam então o seu trunfo - Dominika Egorova, estrela do ballet clássico caída em desgraça no Teatro Bolshoi. Extremamente atraente, dotada de uma capacidade excecional para "ler" emoções, é forçada a aceitar uma missão: seduzir Nate Nash. Começa o jogo.
Da Grécia a Helsínquia, dos corredores de Washington aos aposentos imperiais de Vladimir Putin a trama complica-se. Nate e Dominika percebem que dependem um do outro para sobreviver.
Traição é talvez o melhor e mais credível romance de espionagem publicado neste século, nos EUA. O autor, Jason Matthews, trabalhou na CIA durante 33 anos. Foi diretor de operações, recrutou espiões, comandou missões clandestinas. Pôs todos os seus conhecimentos ao serviço deste thriller trepidante, que agarra o leitor até um final épico.


Jason Matthews trabalhou durante 33 anos na Direção de Operações da CIA (hoje conhecida como Serviço Nacional Clandestino). Esteve destacado em vários pontos do globo e especializou-se em missões em terrenos proibidos. Recrutou espiões para operarem contra alvos na Rússia, Ásia, Médio Oriente e Caraíbas. Chefiou vários postos da CIA, comandou projetos de deteção de armas de destruição maciça, participou em operações de contraterrorismo.

Ler mais Ler menos

Detalhes

  • ISBN: 9789892324654
  • Editora: LUA DE PAPEL
  • Ano de Edição / Impressão: 2013
  • Dimensões: 235 x 156 x 35 mm
  • Páginas: 504

PROMOÇÕES ATIVAS

NATAL - 20% a 50% desconto em TODOS os livros
O autor
Jason Mathews trabalhou durante 33 anos na Direção de Operações da CIA (hoje conhecido como Serviço Nacional Clandestino). Esteve destacado em vários pontos do globo e especializou-se em missões em terrenos proibidos, tendo operado sobretudo em Moscovo. Recrutou espiões para operarem contra alvos na Rússia, Ásia, Médio Oriente e Caraíbas. Chefiou vários postos da CIA, comandou projetos de deteção de armas de destruição maciça, participou em operações de contraterrorismo. 
Vive no Sul da Califórnia com a mulher, também ela uma ex-agente da CIA, onde trabalhou durante 34 anos. 
Com o seu romance de estreia, Traição, conquistou a crítica e o público, tendo recebido o prémio Edgar Allan Poe, o prémio mais importante dos thrillers.
Ler mais Ler menos