Sinopse
Honorato, Rudolfo, Baltazar e Clara, quatro gerações da mesma família, são os fios que ligam a saga fascinante dos Carcomo ao longo de mais de um século. Habitando uma espécie de «casa-comboio», a sua história – que começa em Nagar-Aveli e termina em Lisboa – baseia-se na de uma família verdadeira.
Com uma notável capacidade de efabulação, a autora abre-nos a janela sobre o modus vivendi de tantos indo-portugueses – quer a experiência feliz, quer a traumática, em territórios como Goa, Damão e Diu, outrora sob o domínio da Coroa e do Estado portugueses e hoje bastante esquecidos.
A Casa-Comboio – um romance histórico poético sobre uma cultura riquíssima e cativante, recheado de investigação preciosa – é também uma homenagem à valentia dos homens e mulheres comuns.
Ler mais Ler menos

Detalhes

  • ISBN: 9789896611927
  • ISBN do Ebook: 9789896611934
  • Editora: OFICINA DO LIVRO
  • Ano de Edição / Impressão: 2021
  • Dimensões: 235 x 158 x 21 mm
  • Páginas: 312
O autor
Vencedora do Prémio Revelação Agustina Bessa- -Luís com o romance A Casa-Comboio, publicado em 2010 e entretanto traduzido em italiano, Raquel Ochoa é autora de romances históricos (Mar Humano e As Noivas do Sultão), biografias (Bana – Uma Vida a Cantar Cabo Verde, A Infanta Rebelde e Manuel Vicente – A Desmontagem do Desconhecido) e crónicas de viagem (O Vento dos Outros, Sem Fim à Vista – A Viagem e Pés na Terra).
Nascida em Lisboa, licenciou-se em Direito. A sua ficção tem-se focado essencialmente no encontro de culturas ao longo da história. É viajante e guia de viagens culturais a vários países, incluindo a Índia, que visita desde 2001.
Ler mais Ler menos