Sinopse
O primeiro romance de Luís Osório é uma terrível metáfora sobre um tempo de decadência. A história de um homem que não sabemos se está vivo ou morto, se está acordado ou a sonhar, se matou ou foi morto, se é bom ou se é monstruoso. O tempo que lhe resta, o do próprio romance, é por isso uma tentativa de encontro e compreensão. Uma viagem de comboio que é também a viagem de cada um de nós, contemporâneos de uma história com passado e sem futuro.
Ler mais Ler menos

Detalhes

  • ISBN: 9789724751573
  • Editora: TEOREMA
  • Ano de Edição / Impressão: 2017
  • Dimensões: 234 x 157 x 15 mm
  • Páginas: 216
O autor
Luís Osório tem 44 anos. Dirigiu jornais e uma estação de rádio. Imaginou programas de televisão, encenou uma peça de teatro, participou em comissões governamentais, coordenou a comunicação política de uma campanha presidencial e é consultor empresarial. Comentou política, realizou documentários e foi premiado como jornalista e criativo.
É pai de dois filhos.
Ler mais Ler menos