BIS - 4&1 Quarto

Livro de bolso
letras_leya
8
Letras

BIS - 4&1 Quarto

Livro de bolso
4 & 1 Quarto conta a história de um casal que, num momento de desejo ou tédio, esquece as convenções para atrair à intimidade um homem e uma mulher. São quatro numa cama, como se fosse natural. Mas não será sempre natural, o sexo? E mesmo que fosse: brutalizará ele o amor? Aqui, as duas mulheres revivem um segredo da puberdade, os dois homens descobrem-se e atrevem-se, e, embora extraviando-se da identidade e da pertença, jamais se perdem do Amor.

Um romance simultaneamente cru, humano, brutal e perverso, que aborda questões sensíveis como a tentação homossexual, a ambiguidade da amizade entre mulheres, as tensões sociais entre pessoas de diferentes origens e a persistência do contencioso feminino, apesar da evolução dos homens. E não só: insinua que os pecados da carne, com a sua presunção de culpa ou inocência, gozam de menos impunidade do que quaisquer outros. Como se a moral respondesse a quem a desafia, a Natureza não perdoasse a quem a subverte e a sociedade actual, parecendo moderna, permissiva e livre, se conservasse tão inclemente como deuses no paraíso.
Ler mais
Ano de Edição / Impressão / 2019
Número Páginas / 240

Dimensões / 190 x 13 x 125 mm
ISBN / 9789896606060
Editora / LEYA
Autor
FERRO, RITA
Rita Ferro nasceu em Lisboa, em 1955. Estudou Design, especializou-se em Marketing, foi professora de Publicidade e exerceu funções de direcção e consultoria em diversas empresas. Iniciou a sua carreira literária em 1990, arriscando um novo tipo de escrita feminina que, tendo obtido um enorme êxito e revolucionado o mercado literário português, conheceu inúmeros seguidores. Criou um estilo e, com ele, um novo género. Distingue-se por uma técnica de narração mordaz e cativante, de grande versatilidade. Ao longo de trinta anos, escreveu romances, cartas, biografias, livros de crónicas, literatura juvenil e peças de teatro. Além de jurada literária e de festivais de cinema, é presença regular na imprensa, na rádio e na televisão. Em 2009, integrou o conselho consultivo da recém-criada Fundação António Quadros, Cultura e Pensamento, dedicada à memória de seu pai e de seus avós. Ao seu romance biográfico A menina é filha de quem? (2011) foi atribuído o prémio PEN Clube Português de Narrativa. Um Amante no Porto (2018) é o seu mais recente romance.