BIS - O Poder e a Glória

Livro de bolso
Promo
25%

BIS - O Poder e a Glória

Livro de bolso
Este romance - o mais lido no século XX, em língua inglesa - é fruto de uma viagem que Graham Greene fez às terras de Tabasco para conhecer a perseguição religiosa que teve lugar nos anos vinte, no México. O livro descreve as peripécias e os dramas do único sacerdote católico que continuava a exercer, clandestinamente, o seu ministério. Perseguido pela polícia, carregava consigo as cicatrizes do tempo: os gestos denunciavam um passado diferente e um temor em relação ao futuro. Não era nem herói nem santo, vivia como fugitivo, cheio de medos, com a consciência de ser um pecador, com o remorso de ter uma filha e, embora debilitado pela bebida, dizia zombeteiramente que com um pouco de conhaque era capaz de desafiar o demónio. Um romance comovente em que, para este padre perseguido e fraco, a fé é uma certeza que não se deixa determinar pelas misérias.

"Um dos 100 melhores romances do século XX."
Time
Ler mais
€ 5,62
PVP   € 7,50
Poupe € 1,88 (25%) Comprar

eBook
€ 4,49
PVP   € 5,99
Poupe € 1,50 (25%) Comprar
Ano de Edição / Impressão / 2018
Número Páginas / 256

Dimensões / 190 x 13 x 125 mm
ISBN / 9789896604615
Editora / LEYA
Autor
Graham Greene nasceu em Berkhamsted, em 1904.
Estudou História Contemporânea em Oxford e, a partir de 1926, começa a escrever para The Times e outros jornais. Durante a II Guerra Mundial trabalhou para o serviço de informações do Ministério dos Negócios Estrangeiros.
Foi um dos mais prolíficos e importantes romancistas de língua inglesa do século XX que elevou as histórias de espionagem a um novo patamar literário. O Cônsul Honorário, O Americano Tranquilo, Assassino a Soldo, O Nosso Agente em Havana, O Terceiro Homem são só algumas das suas obras mais significativas. Eterno candidato ao Nobel, a sua obra, uma das mais ricas deste século, onde abundam novelas de grande fôlego, é o retrato de uma vida plena de vivências a que não é alheia a sua alma de incansável viajante e de arguto observador da realidade. Romancista e contista brilhante, foi ainda dramaturgo e escreveu guiões e centenas de críticas de cinema e teatro.