Deixem Falar as Pedras

Brinde
letras_leya
15
Letras

Deixem Falar as Pedras

No dia em que se ia casar, Nicolau Manuel foi levado pela Guarda para um interrogatório e já não voltou. Viveu, assim, quase toda a vida na urgência de contar a verdade a Graça dos Penedo, a noiva que mais tarde lhe seria arrebatada pelo alfaiate que lhe fizera o fato do casamento. Porém, sempre que se abria uma possibilidade, uma ameaça desviava-o dramaticamente do seu destino – e agora, meio século volvido, está velho de mais para querer mudar as coisas, gastando os dias com telenovelas.
De tanto ter ouvido ao avô a sua história rocambolesca, Valdemar – um rapaz violento e obeso apaixonado pela vizinha anoréctica – não desistiu, mesmo assim, de fazer justiça por ele. E, ao encontrar casualmente a notícia da morte do alfaiate, sabe que chegou a hora de ir falar com a viúva: até porque essa será a única forma de resgatar Nicolau Manuel da modorra em que se deixou afundar.
Alternando a narrativa dos sucessivos infortúnios de Nicolau Manuel – que é também a história de Portugal sob a ditadura, com os seus enganos, perseguições e injustiças – com a de um adolescente que mantém um diário com numerosas passagens rasuradas como instrumento de luta contra o mundo –, Deixem Falar as Pedras é um romance maduro e fascinante sobre a transmissão das memórias de geração em geração, nunca isenta de cortes e acrescentos que fazem da verdade não o que aconteceu, mas o que recordamos.


David Machado nasceu em Lisboa em 1978. Em 2005, o seu conto infantil A Noite dos Animais Inventados recebeu o Prémio Branquinho da Fonseca, da Fundação Calouste Gulbenkian e do jornal Expresso, e desde então publicou mais quatro contos para crianças, Os Quatro Comandantes da Cama Voadora, Um Homem Verde Num Buraco Muito Fundo, O Tubarão na Banheira, distinguido com o Prémio Autor SPA/RTP 2010 de Melhor Livro Infanto-Juvenil, e A Mala Assombrada. Os seus livros estão publicados em Itália, França, Brasil e Marrocos. Os seus contos foram publicados em antologias e revistas literárias em Itália, Alemanha, Noruega, Reino Unido, Islândia, Marrocos e Colômbia.
Em 2015 o livro Índice Médio de Felicidade recebeu o Prémio da União Europeia para a Literatura.
Ler mais
€ 14,90
Na compra do livro leve também o eBook por apenas € 2,49
Comprar

eBook
€ 10,99
Comprar
Ano de Edição / Impressão / 2011
Número Páginas / 336

Dimensões / 236 x 22 x 155 mm
ISBN / 9789722045032
Editora / DOM QUIXOTE
Promoções Ativas: Oferta de portes CTT48
Galeria
Autor
David Machado nasceu em Lisboa em 1978. Publicou os romances O Fabuloso Teatro do Gigante, Deixem Falar as Pedras e Índice Médio de Felicidade (Prémio da União Europeia para a Literatura, Prémio Salerno Libro d’Europa), que em breve será adaptado ao cinema.
Publicou, além disso, vários contos para crianças, entre ao quais A Noite dos Animais Inventados (Prémio Branquinho da Fonseca 2005), O Tubarão na Banheira (Prémio Autor SPA/RTP 2010), A Mala Assombrada, Parece Um Pássaro, Eu Acredito e Uma Noite Caiu Uma Estrela.
Os seus livros estão traduzidos em mais de uma dezena de línguas.