Já Não Sofro Por Amor

letras_leya
10
Letras

Já Não Sofro Por Amor

Se tem passado por uma sucessão de tsunamis emocionais que o deixaram com uma auto-estima ainda mais baixa do que a de Kafka ou se, pelo contrário, só teve uma relação mas tão cheia de discussões e reconciliações que fizeram seu o princípio de Catulo, segundo o qual «não é possível viver contigo nem sem ti», talvez a culpa não seja totalmente sua. É que, muito provavelmente, confunde amor com posse, sexo com dependência, chantagem com atenção e intrusão com carinho. E bastaria levar um pouco a sério o que os nossos pais nos continuam a ensinar, ou seja, juntar umas gotinhas do estereótipo feminino da tolerância, passividade e submissão com outras tantas do estereótipo masculino da actividade, independência e domínio e tudo bater numa misturadora, adicionando, no final, uma dose de amor romântico. Poderá, então, compreender melhor as razões porque se sofre tanto e tão desnecessariamente por amor! Recorrendo a alguns dos princípios da psicanálise, psicologia, sociologia, literatura, revolução pós-feminista, a que ajuntou uma dose de autobiografia e humor, Lucía Etxebarría faz, neste Já não Sofro por Amor, uma incursão, pessoal e literária, pelas dores do coração. Trata-se de uma obra que deve ser lida por qualquer pessoa que esteja farta de sofrer de amor e por amor. Lucía Etxebarría revela neste livro como ela própria deixou de sofrer por amor e como o leitor, se quiser, também o pode fazer. É que ela já só sofre quando a filha fica doente...
Ler mais
Ano de Edição / Impressão / 2007

Dimensões / 230 x 21 x 148 mm
ISBN / 9789724616841
Editora / CASA DAS LETRAS