Motel Voyeur

Motel Voyeur

Durante décadas o dono de um motel espiou os seus clientes e registou tudo num diário. Agora Gay Talese revela-nos a arrepiante história do “maior voyeur do mundo”.

Gay Talese era já um dos mais aclamados jornalistas americanos quando, no dia 7 de Janeiro de 1980, recebeu uma carta anónima. O autor revelava um extraordinário segredo: era dono de um motel nos arredores de Denver onde instalara uma “plataforma de observação”, através do qual espiava – há décadas – o que acontecia em cada um dos 21 quartos. Na sequência da carta, Talese viajou para o Colorado, onde conheceu o seu autor, Gerald Foos, que se auto-intitulava “o maior voyeur do mundo”. Gerald queria contar a sua história, mas punha como condição permanecer no anonimato. O jornalista recusou. 
 Nos anos seguintes foi recebendo cartas de Gerald, e excertos de um diário detalhado sobre o que o voyeur via na intimidade dos quartos. E via muito. Sexo, traições, ménages a trois, mas também solidão, desespero, crimes e até um assassinato. Testemunhava, ao mesmo tempo, o rosto de uma América que mudava: os anos da libertação sexual, a crescente miscigenação racial, a explosão da homossexualidade, o surgimento de novos géneros sexuais… 
A história poderia ter ficado perdida. Mas quando em 2013 o dono do motel decidiu sair do anonimato, Gay Talese aceitou escrever a sua história. O resultado é um extraordinário trabalho de jornalismo narrativo, onde se cruzam as entradas do diário do voyeur com as observações do jornalista. 
Ler mais
€ 7,95
PVP   € 15,90
Poupe € 7,95 (50%) Comprar

eBook
€ 5,99
PVP   € 11,99
Poupe € 6,00 (50%) Comprar
Ano de Edição / Impressão / 2016
Número Páginas / 208

Dimensões / 235 x 14 x 157 mm
ISBN / 9789892336510
Editora / LUA DE PAPEL