O Deus das Moscas

Coleção: Essencial Livros RTP - volume 12
letras_leya
10
Letras

O Deus das Moscas

Coleção: Essencial Livros RTP - volume 12
Livro recomendado PNL2027 para maiores de 15 anos - leitura leitura fluente

Prefácio de Pedro Mexia.

O que é melhor... ter regras e respeitá-las, ou caçar e matar?


Um avião despenha-se numa ilha deserta, e os únicos sobreviventes são um grupo de rapazes. Inicialmente, desfrutando da liberdade total e festejando a ausência de adultos, unem forças, cooperando na procura de alimentos, na construção de abrigos e na manutenção de sinais de fogo. A supervisioná-los está Ralph, um jovem ponderado, e o seu amigo gorducho e esperto, Piggy. Apesar de Ralph tentar impor a ordem e delegar responsabilidades, muitos dos rapazes preferem celebrar a ausência de adultos nadando, brincando ou caçando a grande população de porcos selvagens que habita a ilha. O mais feroz adversário de Ralph é Jack, o líder dos caçadores, que consegue arrastar consigo a maioria dos rapazes. No entanto, à medida que o tempo passa, o frágil sentido de ordem desmorona-se. Os seus medos alcançam um significado sinistro e primitivo, até Ralph descobrir que ele e Piggy se tornaram nos alvos de caça dos restantes rapazes, embriagados pela sensação aparente de poder.
Quando, ainda em bonança, os miúdos usam um búzio para se porem «à escuta dos sons da ilha», lembra- -mo-nos da Tempestade, «the isle is full of noises»; mas estes sons não vêm da ilha, não são «ruídos e canções suaves, que encantam e não fazem nenhum mal»: são os sons da fragilidade humana.
Pedro Mexia, in Perfácio
Ler mais
Ano de Edição / Impressão / 2017
Número Páginas / 300

Dimensões / 242 x 22 x 161 mm
ISBN / 9789722059978
Editora / LEYA
Autor
Romancista inglês, William Golding nasceu em 1911, na Cornualha, e estudou Literatura Inglesa, em Oxford.
Professor, abandonou a profissão durante a Segunda Guerra Mundial, tendo servido na Royal Navy. Apesar de ter publicado um livro de poemas em 1934, só depois da Guerra é que Golding se dedicou à escrita.
Publicou o seu primeiro romance em 1954, O Deus das Moscas, um sucesso imediato, que a crítica internacional considerou como uma das maiores obras do século XX. Da sua vasta obra, destacam-se ainda Os Herdeiros (1955), Pincher Martin (1956), Em Queda Livre (1959), O Pináculo (1964) e a trilogia Ritos de Passagem (1980), vencedor do Prémio Booker, Abordagem (1987) e Fogo no Porão (1989). Fazem também parte da sua bibliografia alguns ensaios e o seu último romance, A Duas Vozes, publicado postumamente, em 1995.
Golding recebeu o Prémio Nobel de Literatura em 1983 e, em 1988, foi elevado ao grau de Cavaleiro, juntando ao seu nome o título de Sir. Viria a falecer em 1993.