O Fio da Navalha

Coleção: Essencial Livros RTP - volume 24
Promo
10%

O Fio da Navalha

Coleção: Essencial Livros RTP - volume 24

A vida de Larry Darrell muda para sempre quando um amigo e colega de combate morre ao tentar salvá-lo. Para o jovem aviador americano, a morte passa então a ter um rosto. O inexorável mistério da morte leva-o a questionar o significado último da frágil condição humana e a embarcar numa obstinada e redentora odisseia espiritual. Ao recusar viver segundo as convenções impostas pela sociedade para buscar o sentido da vida (que encontrará, certa manhã, algures na Índia), Larry torna-se simultaneamente uma frustração para os que o rodeiam – principalmente para Isabel, a namorada, e Elliott, tio desta, que cultivam acima de tudo a aceitação e o prestígio sociais – e a personificação de um ideal de espiritualidade e não-compromisso.
Por duas vezes adaptado ao cinema, O Fio da Navalha é um romance intemporal. As ansiedades e dúvidas de Larry são também as nossas; continuamos até hoje a buscar um sentido para a nossa existência. Para encarnar essa luta contra o destino, Somerset Maugham criou um dos mais fascinantes personagens do seu vasto legado literário. Da Primeira à Segunda Guerra Mundial, passando pela Grande Depressão, ele leva-nos, através das sociedades francesa, americana e inglesa, à verdade mais recôndita da alma e do sentimento humanos.

Ler mais
€ 9,00
PVP   € 10,00
Poupe € 1,00 (10%) Comprar

Ano de Edição / Impressão / 2018
Número Páginas / 368

Dimensões / 243 x 27 x 160 mm
ISBN / 9789896604899
Editora / LEYA
Autor
William Somerset Maugham (1874-1965) é um dos mais aclamados romancistas e dramaturgos ingleses do século XX. A sua escrita foi profundamente influenciada pelas viagens que o levaram um pouco por todo o mundo. Em 1928 comprou uma propriedade na Riviera francesa, onde recebeu as mais importantes figuras do mundo literário, social e político da sua época, e que seria a sua casa até ao ano da sua morte. 
Entre as suas obras mais conhecidas destacam-se Servidão Humana, O Fio da Navalha e O Véu Pintado. Em 1947 instituiu o Somerset Maugham Award, prémio que distinguiu, entre outros, escritores como V. S. Naipaul, Kingsley Amis, Martin Amis, Alan Hollinghurst, Julian Barnes e Zadie Smith. Muitos dos seus romances foram já adaptados ao cinema.