O General no Seu Labirinto

Brinde
letras_leya
16
Letras

O General no Seu Labirinto

Aclamado pelo povo como Libertador, protagonista de numerosas conjuras políticas e militares, herói romântico e até libertino para os seus detractores e os seus partidários, idealista íntegro e abandonado por muitos, que contempla as ruínas do seu sonho de unidade dos povos americanos, após a independência do domínio espanhol, Bolívar empreende - já doente e com um séquito diminuto - aquela que será a sua última viagem. Parte de Bogotá para seguir o curso do rio Magdalena. A sua viagem será derradeira num duplo sentido: proporcionar-lhe-á oportunidades para reconsiderar os vários momentos da sua vida agitada e, ao mesmo tempo, a gravidade dos seus padecimentos apressar-lhe-á em poucos meses o encontro com a morte.
Gabriel García Márquez retrata magistralmente a imensa aventura que, impulsionada pela vontade de Bolívar, transfigurou o destino da América. Reconstituindo um tempo crucial da história do continente americano, o autor enriquece um mundo onde a tragédia do real e a magia do maravilhoso atingem os seus pontos culminantes.

Ler mais
Ano de Edição / Impressão / 1990
Número Páginas / 200

Dimensões / 235 x 13 x 157 mm
ISBN / 9789722066310
Editora / DOM QUIXOTE
Promoções Ativas: Oferta de portes CTT48
Autor
Gabriel García Márquez nasceu a 6 de março de 1927, em Aracataca, Colômbia, e faleceu a 17 de abril de 2014, na Cidade do México. 
Considerado o pai do realismo mágico latino-americano, foi essencial para o reconhecimento da literatura americana em língua castelhana no resto do mundo, principalmente depois da atribuição do Prémio Nobel de Literatura, em 1982. 
O caráter universal da sua obra coloca-o entre os maiores escritores de sempre. 
É autor de uma vasta bibliografia que a Dom Quixote tem vindo a publicar regularmente, incluindo o primeiro volume da autobiografia Viver para Contá-la, O Aroma da Goiaba (conversas com Plinio Apuleyo de Mendoza) e a reedição de Olhos de Cão Azul, com três contos inéditos em Portugal, para além dos famosíssimos Cem Anos de Solidão e O Amor nos Tempos de Cólera.