Promo
20%

Sartoris

Publicado em 1929, pouco antes de O som e a fúria, o romance Sartoris é o primeiro situado no condado fictício de Yoknapatawpha, no Mississippi. Nele, William Faulkner (1897-1962), Prémio Nobel de Literatura, começa a estabelecer o estilo que marcaria todos de seus livros posteriores e pelo qual seria consagrado. O volume narra a trajectória de uma família decadente, de passado escravocrata, que vive à sombra do Coronel John Sartoris, morto na Guerra de Secessão. Tia Jenny, a irmã mais nova do coronel, verdadeira guardiã do passado e também da narrativa, é a mulher que alinhava, com sua memória reiterada e reinventada, as tragédias das gerações (passadas e futuras) dos homens da família - Bayard Velho, filho do coronel, e os dois netos gémeos, também chamados John e Bayard. Tia Jenny sempre amaldiçoa a família, mas conta sua história tantas vezes a ponto de transformá-la em mito. No livro, os grandes acontecimentos nas vidas dos protagonistas solitários, problemáticos e heróicos são apenas sugeridos, e o que se descortina são suas consequências.


William Faulkner (1897-1962) é considerado um dos maiores escritores do século XX. Recebeu o Prémio Nobel da Literatura e duas vezes o National Book Award. Foi também vencedor de dois prémios Pulitzer com A Fábula, 1955 e Os Desgarrados, 1962. É autor de romances psicológicos e simbólicos que retratam a decadência do sul dos Estados Unidos e cujas personagens vivem situações desesperadas. Grande parte dos seus romances e narrativas são passados no condado de Yoknapatawpha (Mississipi). Para além dos temas (a morte, a violação, o roubo, etc.), o que ressalta na obra de Faulkner é o olhar, o seu peculiar modo de se aproximar à realidade, que pode ser cheio de pavor, vertiginoso ou cómico.

Ler mais

Os ebooks e audiobooks mais populares disponíveis na subscrição Kobo+e_Leya.

€ 14,32
PVP   € 17,90
Poupe € 3,58 (20%) Comprar

Ano de Edição / Impressão / 2011
Número Páginas / 352

Dimensões / 235 x 22 x 155 mm
ISBN / 9789722046787
Editora / DOM QUIXOTE
Autor
William Faulkner nasceu em New Albany, no Mississípi, a 25 de Setembro de 1897. Frequentou a Universidade do Mississípi e, em 1918, Alistou-se na Royal Air Force do Canadá.
Depois de ter viajado pela Europa durante 1925-26, fixou residência em Oxford, no Mississípi, onde teve vários empregos enquanto tentava afirmar-se como escritor. O seu primeiro romance, A Recompensa do Soldado, viria a ser publicado ainda em 1926.
Aclamado por romances como O Som e a Fúria (1929), Na Minha Morte (1930), Luz em Agosto (1932), Absalão, Absalão! (1936) e Os Ratoneiros (1962), Faulkner recebeu o Prémio Nobel de Literatura em 1949. Anos mais tarde, em 1957-58, foi escritor residente na Universidade da Virgínia.
Morreu a 6 de Julho de 1962. Pouco tempo depois da sua morte, foi-lhe atribuído o Prémio Pulitzer 1962.