Um Homem de Partes

Um Homem de Partes

Fascinado pelo génio de H. G. Wells – o visionário autor de A Guerra dos Mundos e A Máquina do Tempo – David Lodge recria a vida excêntrica e tumultuosa daquele que ficou para a posteridade conhecido como “o homem que inventou o amanhã”.
H. G. Wells foi em tempos o escritor mais famoso do mundo. Agora, isolado na sua casa londrina durante o Blitz de 1944, faz o balanço de uma vida invulgarmente intensa. Wells desafiou todas as probabilidades ao quebrar o ciclo de pobreza da sua família. Lutou desde cedo contra uma realidade que estava aquém do seu génio e foi recompensado com uma ascensão meteórica no meio intelectual dos últimos anos da Inglaterra vitoriana. Dono de uma fraca figura mas um imenso carisma, abandonou-se ao amor livre de forma enérgica... e frequentemente devastadora.
Homem de contradições e de extremos, foi um socialista perdulário, um feminista mulherengo, um romancista em rota de colisão com o romance. Amou e foi amado por várias mulheres extraordinárias, mas no seu íntimo acarinhou muito poucas. Será através delas que Wells questiona agora o sentido da sua vida.

Um Homem de Partes integrou a seleção de melhores livros de 2013 do jornal Expresso.

Ler mais
€ 13,23
PVP   € 18,90
Poupe € 5,67 (30%)
Na compra do livro leve também o eBook por apenas € 2,49
Comprar

eBook
€ 13,99
Comprar
Ano de Edição / Impressão / 2013
Número Páginas / 592

Dimensões / 234 x 37 x 157 mm
ISBN / 9789892321707
Editora / ASA
Galeria
Autor
Autor de uma vastíssima obra que o consagrou internacionalmente como uma das mais relevantes vozes da moderna literatura inglesa, David Lodge é Professor Honorário da Universidade de Birmingham, foi ordenado Cavaleiro da Ordem das Artes e das Letras de França, em 1997, e, em 1998, Commander of the British Empire.
Foi por duas vezes finalista do Booker Prize com O Mundo é Pequeno e Um Almoço nunca é de Graça, em 1984 e 1989, respetivamente. Conquistou já diversos galardões literários, entre eles, o Whitbread Book of the Year em 1980 com Até onde se Pode Ir?, e o Commonwealth Writers’ Prize para o melhor livro da região da Eurásia em 1996 com Terapia.
Um Homem de Partes foi considerado o melhor livro de 2011 pela We Love This Book. A obra de David Lodge está traduzida em vinte e cinco línguas e com mais de 2,5 milhões de exemplares vendidos.