Ventos do Apocalipse

Brinde
letras_leya
16
Letras

Ventos do Apocalipse

Guerra. Destruição. Miséria. Sofrimento. Humilhação. Ódio. Superstição. Morte. 
Este é o cenário dantesco, boscheano, que encontramos nas páginas de Ventos do Apocalipse. As palavras fortes, cruas, incisivas, dilacerantes e delirantes da autora levam-nos a questionar-nos quanto de ficção existirá no realismo das descrições deste palco apocalíptico em que a guerra mais aberrante será talvez a de dois povos, os mananga e os macuácua, colocados entre dois fogos e não sabendo quem os defende e quem os ataca. 
Paulina Chiziane é uma contadora nata de estórias. Consegue levar-nos ao âmago do mais baixo dos mais baixos degraus de degradação do ser humano. Com ela percorremos as vinte e uma noites de pesadelo e tormentos que foi o êxodo dos sobreviventes de uma aldeia. Através dela aprendemos a respeitar Sixpence, tornado o herói simbólico, emblemático, e líder venerado desses fugitivos.
Ler mais
Ano de Edição / Impressão / 1999

Dimensões / 210 x 18 x 136 mm
ISBN / 9789722128162
Editora / CAMINHO
Promoções Ativas: Oferta de portes CTT48
Galeria
Autor
Paulina Chiziane nasceu em Manjacaze, província de Gaza, Moçambique, em 1955. Frequentou estudos superiores que não concluiu. Atualmente vive e trabalha na Zambézia.